quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Mosé, a musa da vida






Filósofa, psicóloga e psicanalista por formação; escritora, professora, poeta ( ou poetisa) por extensão da brilhante carreira de pesquisadora da vida. Essa é Viviane Mosé, uma capixaba mil e uma utilidades quando o assunto é a existência.
Pensar o ser humano rendeu-lhe muito sucesso, uma vez que Viviane popularizou as questões filosóficas seja apresentando um quadro no Fantástico (Ser ou não Ser), ou dando aulas para atores, ou ainda, fazendo palestras em empresas e em instituições, além de ter escrito vários livros sobre esta ampla temática que é a Filosofia.
Sua biografia abarca, também, poesia. Mosé fez parte da turma do Chacal, no CEP 20.000, um sarau de sucesso que acontece no Rio de Janeiro, no Espaço Cultural Sérgio Porto. Antes e depois desta experiência, nasceram Toda Palavra (2008), Pensamento chão (2007), Desato, (2006), Receita para Lavar Palavra Suja (2004), Escritos (1990), Imagem Escrita (1999), 7 + 1, Francisco Alves (1997).
Já na filosofia e na psicanálise, seus escritos foram intitulados de : A Escola e Os Desafios Contemporâneos (2013), O Homem que Sabe (2011), Nietzsche e a Grande Política da Linguagem (2005), Beleza, Feiúra e Psicanálise (2004), Stela do Patrocínio - Reino dos Bichos e dos Animais é o Meu Nome (2002), Assim Falou Nietzsche (1999).
A educação e a mulher são outros subtemas tratados pela escritora, filósofa, psicóloga, psicanalista e poeta (ou poetisa).
Hoje ela dirige a Usina Pensamento, “um núcleo de profissionais especializados dedicados à produção e difusão de conteúdos intelectuais, culturais e artísticos.” e é comentarista da Rádio CBN no programa Liberdade de Expressão.

Aprofunde-se, conheça-se, leia os livros de Viviane Mosé!

2 comentários:

Adilene Adratt disse...

Feliz Ano Novo Raela! Abração!

Palmira Heine disse...

Bom dia. Gostaria de entrar em contato com a autora do blog. Há algum email para isso?